Obras

Obras > Rubi
1986

Este disco marca minha volta ao Rio, passei a me dividir entre o Leblon e a Rua de São Bento, em Olinda. Era o auge do rock dos anos 80, eu havia me apresentado no Rock in Rio, fazendo minha música autêntica, sem concessões. O brega havia tomado conta das rádios e os departamentos de marketing começavam a dar as cartas na indústria. Tem “Amor covarde”, “Rubi”, “Senhora Dona”, mas as músicas tocaram pouco. E outro grande frevo de Michilles, “Me segura que senão eu caio”.

Ficha Técnica

Produzido por: Paulo Rafael
Produção Executiva: Rubens Valença Filho
Assistência de Produção: Christiana Ponce De León
Contra-Regra: Marcos A. Alves
Técnico de Gravação: Flávio Senna
Mixagem: Flávio Senna e Paulo Rafael
Arregimentado: Gilberto D’avila
Capa e Fotos: Cafi
Supervisão Gráfica: Tadeu Valério
Adaptação para CD: Claudia Bandeira
Vozes e Violão: Alceu Valença
Guitarras: Paulo Rafael
Teclados e Programação de Sintetizadores: Márcio Miranda
Baixo: Luigi Lagioia
Bateria nas Faixas 1, 3, 6 e 7: Jurim Moreira
Bateria na Faixa 8: Téo Lima
Percussão nas Faixas 1, 2, 3, 7, 9 e 10: Repolho
Sax: Netinho e Dulcilando
Trompete: Hamilton, Formiga, Evaldo e Sobrinho
Trombone: Edmundo Maciel e Jessé Sadock
Arranjos e Regência: Maestro Duda na Faixa 6

Gravado Nos Estúdios RCA Em Setembro / Outubro de 1986.
Mixado em Outubro de 1986.