Obras

Obras > Estação da Luz
1985

Música é timbre. O timbre deste disco remete diretamente a meu primeiro álbum, “Molhado de Suor”. Tem músicas como “Sino de ouro”, “Olinda”, “Chuva de Cajus”, “Estação da Luz” e um frevo de J. Michilles, “Bom demais”, até hoje um dos meus grandes sucessos carnavalescos. Este meu primeiro trabalho pela RCA tem produção de Paulo Rafael e é totalmente dedicado a Olinda, meu habitat. Jorge Amado comoveu-se com o disco e fez o release de imprensa.

Ficha Técnica

Direção de produção: Guti
Produzido por: Paulo Rafael
Coordernação de produção: Wellington Luiz
Assistência artística: Rubem Valença
Assistência de produção musical: Vavá Furquim
Assitência de produção executiva: Christina Ponce de León
Técnicos de gravação: Jodé Luis, Flavio Senna
Mixagem: Flavio Senna, Paulo Rafael
Auxiliares: Mauro Moraes, Liu, Magro
Arranjos: Alceu Valença, Paulo Rafael
Arranjos e regências de cordas e sopros: Maestro Duda
Arregimentação: Gilberto D’Ávila
Capa: W. Virgolino
Fotos: Walter Ferreira
Idealização do projeto gráfico: Alceu Valença
Realização: Roberto Lucio
Adaptação para CD: Claudia Bandeira

Gravado nos estúdios da RCA, Rio de Janeiro, em agosto e setembro de 1985. Mixado em setembro de 1985.