Obras

Obras > Todos os Cantos
1999

9. Ruge, Ruge, Rouxinol

Ruge, ruge, rouxinol
E dá corda no seu cantar
Eu viajei, estou chegando
Cheirando a maresia
Das águas frias do mar

Um marinheiro sob o sol
Nunca esquece de lembrar
Que está só durante o dia
Mas a noite é bem mais fria
E dá vontade de voltar

Hoje me lembro
Do calor de uma menina
Sob a luz da lamparina
Ilha de Itamaracá
Meu rouxinol, anuncio o meu desejo
Solte o pranto que está preso
Nas cordas do seu cantar