Obras

Obras > Anjo Avesso
1983

5. Escorregando no Pífano

“Eu sou o Véio quiabo
Camaleão das foiage
Carrego as moça no bolso
E as véia na pabulage”

(DP – texto de Pastoril)

Quando estou escorregando
No seu corpo gemedor
Fico todo lambuzado
Meu pife tem esse sabor de pecado
Escorregado lambuzado gemedor
Balança bole remexe gostoso
Meu jeito é manhoso de te assoprar
Balança bole remexe gostoso
Meu jeito é dengoso de te dedilhar