Obras

Obras > A Noite do Espantalho
1974

3. Meu Nome É Zé do Cão

Atenção se esconda agora
Bota a capela no padre
Tira o padre da capela
Bota a janela na moca
Tira a moça da janela
que aí vem desembestado
o mais cruel e malvado
jagunço dessa onça de terra

Meu nome é Zé do Cão
Jagunço não nego não
A vida me deu por sorte
Levar a morte pelo sertão

Meu nome é Zé do Cão
De morte ainda intero mil
Meu Deus é minha peixeira
e meu padroeiro o Santo fuzil