Obras

Obras > Ciranda Mourisca
2008

11. Dente de Ocidente

Essa espuma sobre a praia
É um dente de ocidente
É um dente, um osso, um dente
Vomitado pelo mar

Vem em ondas poluídas
Vem em nome da moral
Vem na crista dessa onda
Acultural ocidental

E a espuma branca se lança
Na força da preamar
Em ondas-curtas, notícias
Na hora do meu jantar

Vem nos mistérios da noite
Na clarescência do dia
Nos anúncios luminosos
No vestido de Mari