Obras

Obras > Estação da Luz
1985

10. De Corpo Inteiro

Sonhamos água
Sonhos de peixe
Pra me deixar assim
Pra te deixar assim
Pra nos deixar assim
Depois com sede
De corpo inteiro
Um berro d’água, tantas

Ruas desertas
Velhas paredes
Desenho um verso
E um coração vermelho
De corpo inteiro
Um berro d água, tantas vezes