Obras

Obras > Amigo da Arte
2014

10. Ciranda Da Aliança

Onda que vai, que vai
Onda que vem, que vem
Eu viajei no olhar dessa morena

Eu fui a praia do coqueiro alto
Namorar com uma princesa chamada Rosália
É uma talha o coração dessa mulher
Vou casar com ela e seja o que deus quiser
É uma talha o coração dessa mulher
Vou casar com ela seja o que deus quiser

Trago aliança pro dedo da noiva
E um vestido bem rendado
Do pontal de maceió

Eu viajei no olhar dessa morena
Minha doce açucena da freguesia do ó
Eu viajei no olhar dessa morena
Minha doce açucena da freguesia do ó

[x2]
Onda que vai, que vai
Onda que vem, quem vem
Eu viajei no olhar dessa morena

Eu fui a praia do coqueiro alto
Me banhar com a sereia chamada Rosália
É uma talha o coração dessa mulher
Vou casar com ela e seja o que deus quiser
É uma talha o coração dessa mulher
Vou casar com ela e seja o que deus quiser

Trago aliança pro dedo da noiva
E um vestido bem rendado
Do pontal de maceió

Eu viajei no olhar dessa morena
Minha doce açucena da freguesia do ó
Eu viajei no olhar dessa morena
Minha doce açucena da freguesia do ó

[x4]
Onda que vai, que vai
Onda que vem, quem vem
Eu viajei no olhar dessa morena