Obras

Obras > Oropa, França e Bahia
1988

1. Marins dos Caetés

Não chore, menina bonita
Se Deus quiser
Te vejo na Marim guerreira dos
Caetés
De novo pra subir ladeira
Te dou meus pés
Olinda Marim tão bonita dos Caetés

Vamos embora, cabra-cabriola
Tá chegando a hora da gente
arribar
Vamos embora, já fui caipora
No jogo da sorte sempre dei azar
Vamos embora, sei do itinerário
Por aqui passamos, por ali passou
Uma ‘a la ursa’ da fita amarela
Abrindo janelas para o nosso amor