Obras

Obras > De Janeiro a Janeiro
2002

1. Blue Baião

Cadê Delminha? E meus amigos?
A cada passo olho prá trás
Ando perdido nessa cidade
Em cada esquina sou um a mais

Eu sou um rosto qualquer
eu sou qualquer cidadão
Tenho um mapa da cidade
e me perco sem razão

Lindo é o Rio de Janeiro
bem que eu vim morar aqui
E a saudade me sangrando
com talho de bisturi

Tenho dois rios correndo
no leito de minhas veias
Entro em meu quarto e desato
meus sapatos, tiro as meias

Destilando dor e pena
Dedilhando o violão
No meu quarto de Ipanema
Eu compus um blue baião.